• Background Image

    News & Updates

    micro-história

January 2, 2018

Concurso Literário LGBT+: #OrgulhodeSer

Nós, do Sweek, e a Rico Editora celebramos a diversidade e todas as formas de amor! Queremos reforçar a visibilidade de toda a comunidade LGBTQIAP+ por meio do concurso literário “Orgulho de Ser”, que resultará em uma antologia organizada pela escritora Thati Machado e lançada na Bienal de São Paulo deste ano.

O livro será composto por 7 contos no gênero Young Adult (Jovem Adulto), sendo que 3 deles serão selecionados por meio da competição na nossa plataforma. Importante: o protagonista deve obrigatoriamente pertencer à comunidade LGBTQIAP+. Embora não seja obrigatório que o autor pertença à mesma comunidade, incentivamos escritores LGBT+ a encontrarem sua voz e seu público.

Duração:
Início: 2 de janeiro
Fim: 31 de março
Resultado: 30 de abril

Prêmio:
Três contos vencedores serão inseridos na antologia “Orgulho de Ser”, publicada pela Rico Editora, e lançada na Bienal de São Paulo de 2018.

Confira o edital do concurso:
1. Da antologia
1.1) A antologia LGBT+ “Orgulho de ser” será promovida, editada e comercializada pela Rico Editora, inscrita sob o CNPJ 18803358000118 e pela organizadora Thati Machado.
1.2) A antologia será composta por 7 contos, escritos por 7 escritores diferentes, sendo um deles a organizadora Thati Machado. 3 escritores serão selecionados por meio de concurso em parceria com a plataforma de autopublicação
Sweek e os outros 3 serão convidados pela editora e organizadora.
1.3) Todos os aspectos gráficos (como capa, diagramação etc) da publicação cabem exclusivamente à editora e organizadora.
1.4) O gênero da antologia é Jovem Adulto.

2. Do concurso
2.1) O concurso é aberto a todo e qualquer escritor residente em território nacional. Os contos devem ser publicados na plataforma Sweek até 31/03/2018 com a tag #OrgulhoDeSer.
2.2) O protagonista do conto deve obrigatoriamente pertencer à comunidade LGBT+ (entende-se que o símbolo “+” inclui todos os gêneros e sexualidades não representados de forma direta pela sigla, como pansexuais, assexuais etc). Embora não seja obrigatório que o autor pertença à mesma comunidade, incentivamos escritores LGBT+ a encontrarem sua voz e seu público por meio do concurso. A antologia “Orgulho de Ser” celebrará o amor e a diversidade e não compactuará, de nenhuma forma, com a fobia LGBT+.
2.3) O número de seguidores de cada participante contará como ponto positivo durante a seleção dos vencedores, contudo, não será o único fator avaliado. Ter um número alto de seguidores mostrará seu engajamento com a divulgação da obra, bem como o que podemos esperar do seu público. No entanto, outros critérios,
como criatividade, escrita e estruturação narrativa serão avaliados.
2.4) Cada conto deverá ter até 3 mil palavras, não podendo, de forma alguma, ultrapassar esse tamanho.
2.5) Em caso de fraude ou plágio, o autor não poderá participar da antologia e deverá arcar com os possíveis custos legais. A Rico Editora, a organizadora Thati Machado e a plataforma Sweek não se responsabilizam pelo conteúdo dos contos do concurso.
2.6) Menores de idade podem participar, desde que possuam autorização dos pais.
2.7) A história precisa conter a tag #OrgulhodeSer, inserida no campo “Marcadores”, na seção “Dados da História”. É necessário apertar a tecla Enter para que a tag seja inserida corretamente; do contrário, a história não será identificada como participante da competição.

3. Dos direitos autorais e pagamentos
3.1) O livro será publicado de forma TRADICIONAL e, por isso, os escritores não precisarão pagar nenhuma taxa ou arcar com os custos de impressão e publicação.
3.2) Cada autor participante receberá 1% das vendas, bem como relatório comprobatório a cada 3 meses.
3.3) À organizadora Thati Machado, também responsável por editar a antologia junto à editora, caberá o pagamento de 3% a cada 6 meses em cima das vendas.
3.4) Cada autor participante receberá um exemplar da antologia de forma gratuita.
3.5) Os escritores que desejarem comprar exemplares para revenda e/ou divulgação pessoal terão 30% de desconto em cima do preço de capa. O valor de capa será de ATÉ R$ 39,90, não ultrapassando essa estimativa.

4. Informações adicionais
4.1) O resultado do concurso será divulgado nas redes sociais da editora Rico e da plataforma de autopublicação Sweek em abril/2018.
4.2) Os selecionados deverão enviar um e-mail para concursos@ricoproducoes.com.br com o e-mail blognemteconto@outlook.com EM CÓPIA. O título do e-mail deve ser o nome do conto selecionado + o pseudônimo usado pelo autor.
4.3) No corpo do e-mail devem conter as seguintes informações: Nome completo; RG; CPF; Data de nascimento; Conta bancária em nome do autor; Endereço completo (Rua, número, complemento, bairro, cidade, estado e CEP); Arquivo do conto no formato word (anexo).
4.4) O autor deverá estar de acordo com correções gramaticais feitas pela Editora. Além disso, compromete-se a se dedicar ao copidesque da obra antes da publicação.
4.5) Ao inscrever seu conto no concurso “Orgulho de Ser”, o autor afirma estar de acordo com todas as cláusulas deste edital.

5. Do lançamento
5.1) A Rico Editora compromete-se a lançar a obra na Bienal de São Paulo de 2018, em seu estande, recebendo, de forma gratuita, todos os autores da antologia que quiserem e puderem estar presentes.

Veja como participar do concurso:
Passo 1: Baixe o Sweek para Android, iOS ou use a plataforma pelo computador:
Site: https://sweek.com
Android: http://bit.ly/SweekforAndroid
iOS: http://bit.ly/SweekforiOS

Passo 2: Crie uma conta ou registre-se.
Passo 3: Submeta a sua história clicando em “Minhas histórias” e “Nova história”.
Passo 4: Insira a tag #OrgulhodeSer.

Siga este passo a passo para inserir tags!
1. Clique em “Minhas Histórias”.
2. Selecione a história que você deseja editar.
3. Na faixa azul no topo da tela, ao lado do título “Painel de histórias”, você verá o menu de 3 pontos.
4. Clique nos 3 pontinhos brancos na vertical.
5. Em seguida, clique em “Editar dados da história”.
6. Você verá o campo “Marcadores” embaixo de “Categoria 1” e “Categoria 2”. Escreva #OrgulhodeSer em “Marcadores” e pressione a tecla Enter. Sem a tecla Enter, a tag não será inserida!

Está com dúvidas na hora de criar sua história? Acompanhe o tutorial abaixo!
1. Clique em “Minhas Histórias”.
2. Clique em “Nova História” no canto superior direito.
3. Adicione o título da história, carregue a capa e crie uma breve descrição. Se não tiver nenhuma imagem, carregue a capa mais tarde.
4. Clique em “Capítulo sem título”, crie um título e escreva o conteúdo do seu primeiro capítulo.
5. Dê um toque na tela para ver a opção “Publicar capítulo”.
6. Depois, preencha os dados da história. Escolha o gênero da sua história em “Categoria 1” e “Categoria 2”.
7. Coloque a tag #OrgulhodeSer em “Marcadores” e pressione a tecla Enter.
8. Escolha “Português” na opção “Idioma”.
9. Se todos puderem ler a história, marque como “Livre”. Se o conteúdo for impróprio para menores de idade, escolha a opção “Conteúdo Adulto”.
10. Se sua história estiver inacabada, marque “Em Andamento”. Se estiver finalizada, marque-a como “Finalizada”. No entanto, a história precisa estar concluída para ser qualificada.
11. Escolha a opção de Direitos Autorais que desejar.

RESULTADO DO CONCURSO LITERÁRIO #ORGULHODESER

FINALISTAS
“Um Pensamento para o Silêncio”, de Soph
http://bit.ly/1PnsmtPSilc

“Corações Não Precisam de Romance para Bater”, de Helenine Destani
http://bit.ly/CrcsNPrcsmDRmc

“Lá no Fundo”, de SilvioAntonio
http://bit.ly/L4NFund

“Laços”, de Diedra Roiz
http://bit.ly/L4ÇUS

“Eu não sou… Sou?”, de Iris Coelho
http://bit.ly/EuN4OSouS

“Dois”, de Raick Tavares
http://bit.ly/2Dois

“Como Ser Normal”, de Tales Avellar
http://bit.ly/KMOSrNrml

VENCEDORES
“A Garota no Bar”, de Delson Neto
http://bit.ly/4GrtNBr

“Banho de Lua”, de Mariana Jati
http://bit.ly/Banh0DLua

“Corações Tortos”, de Luiz Gouveia
http://bit.ly/CoraçsTorts

August 8, 2017

Como escrever um microconto?

Pode parecer simples, mas não é. Escrever um bom microconto requer uma boa ideia, a habilidade de brincar com as palavras e um final que não deixe o leitor indiferente. Neste post, vamos dar algumas dicas para que você dê o seu melhor ao escrever sua micro-história; de qualquer forma, o que você precisa lembrar é que há duas coisas que caracterizam um bom microconto: a brevidade e a capacidade de surpreender.

  • Uma boa ideia

Um microconto precisa nascer de uma ideia incrível. Pense em algo que você tenha vivido ou em alguma situação engraçada, por exemplo. A realidade está cheia de microcontos! Assim que os seus sentidos forem aguçados, uma grande história pode nascer.

  • Brevidade

Um microconto pode ter entre 7 e 500 palavras. Isso quer dizer que você precisa escolher suas palavras com cautela, criatividade e sabedoria.

Como toda história, um microconto também precisa apresentar começo, meio e fim. A diferença é que não há espaço para contar e descrever tudo, por isso não gaste seu tempo com detalhes sem importância. Mas cuidado: uma história curta não é um resumo. Pense cuidadosamente em qual parte você vai focar e deixe que o leitor entenda o que ficou no ar – uma forma de ajudá-lo é usar um título sugestivo, por exemplo. Lembre-se de que a essência do microconto está no imediatismo.

  • Precisão

Cada palavra é uma palavra a menos. Tente ser o mais preciso possível, de modo que cada palavra signifique exatamente o que você quer dizer e transmita o sentimento específico que você deseja passar. No entanto, tenha em mente de que a simplicidade é a chave; afinal, não se trata de escrever uma lista de palavras complexas. Além disso, evite envolver mais de três personagens.

  • Surpresa

O mais importante do microconto é o desfecho, que tem a função de surpreender ou emocionar o leitor. É fundamental saber como construir a história e ser original para obter aquilo que poucos conseguem em duas linhas: o inusitado. Uma tática é pensar primeiro no final para, em seguida, desenvolver o resto.

  • Originalidade

Em concursos que trazem um tema definido e que você precisa usar uma palavra específica, tenha ideias fora da caixa para evitar cair em clichês e acabar escrevendo mais do mesmo. A graça dos microcontos está justamente no fato de que não há tempo e espaço para se justificar, então deixe sua imaginação ganhar asas.

Veja um exemplo de microconto escrito pelo autor Jey Leonardo, dono do Instagram Escritos Meus (@escritosmeus).


O que é um bom microconto?

  • Pense em um final inesperado.

A história deve deixar o leitor intrigado durante todo o tempo e revelar um final inusitado na última frase.

  • Seja criativo, autêntico e original.

Tente estar dois passos a frente do leitor e mantenha-se longe de clichês.

  • Um microconto não é um resumo da história completa.

Trabalhe bastante no desenvolvimento e no desfecho. Toda a ação deve ser contada, não precisa de uma introdução ou uma contextualização maior. Seja sucinto, mas completo.

  • Preste atenção na ortografia.

Em tempos de internet e redes sociais, em que tudo acontece muito rápido, não é difícil passar um erro de digitação aqui e ali. Por isso, leia novamente com cuidado, veja se a história faz sentido, e se a concordância e a ortografia estão perfeitas.

Agora que você aprendeu todos os truques, mostre seu talento nos concursos de microcontos do Sweek!

July 28, 2017

Concurso de Microcontos: #MenoséMais

Se você é o tipo de pessoa que consegue dizer muito em poucas linhas, adora colocar no papel as reflexões do dia a dia ou gosta de transformar imagens interessantes do cotidiano em alguns parágrafos, este concurso literário de microcontos é para você!

O tema é livre. Que tal registrar aquela cena emocionante que você viu da janela do ônibus? Ou colocar para fora um sentimento guardado há muito tempo? Também é possível compartilhar uma aventura inesquecível, porém de forma breve e instigante. Aliás, este pode ser o momento certo de fazer uma declaração de amor para aquela pessoa que nunca saberá que seu coração bate mais forte toda vez que você a vê. Seja qual for o enredo de sua micro-história, o importante é que não ultrapasse 500 palavras; afinal, #MenoséMais!

Duração:
Início: 
28 de julho
Fim: 7 de setembro
Revelação dos vencedores: 28 de setembro

Prêmios:
1º lugar:
Kit da Tag Livros com livro inédito + revista + marcador de livros + box colecionável + surpresa
Ecobag da Tag Livros
Livro Tão À Flor da Pele, escrito por Diego Vinícius
Frase mais impactante do microconto nos perfis do Instagram Escritos Meus, Diego Vinicius, e Algum Francisco.

2º lugar:
Kit da Tag Livros com livro inédito + revista + marcador de livros + box colecionável + surpresa

3º lugar:
Kit da Tag Livros com livro inédito + revista + marcador de livros + box colecionável + surpresa


Regras do Concurso:
1. Você precisa ter 14 anos ou mais para participar. Participantes mais jovens precisam da autorização dos pais.

2. O microconto precisa conter a tag #MenoséMais, inserida no campo “Marcadores”, na seção “Dados da História”. É necessário apertar a tecla Enter para que a tag seja inserida; do contrário, ela não será inserida corretamente, não aparecerá e a história não será identificada como participante da competição.

3. Limite: 500 palavras (não confunda palavras com caracteres).
Para contar, você pode usar o Word ou um contador online.

4. A história não precisa ser inédita ou exclusiva, mas precisa ser nova no Sweek.

5. A história não pode ter sido inscrita em outros concursos literários do Sweek.

6. A história deve ser de sua autoria. No caso de ter sido escrita em parceria com um amigo e escolhida como vencedora, o prêmio será dividido. Vamos dar um prêmio por história, não por autor.

7. A história deve ser submetida e concluída até o dia 7 de setembro, às 19h (horário de Brasília).

8. Você pode participar com várias histórias desde que elas respeitem todas as regras.

9. O gênero literário é livre, porém é necessário que o formato de microcontos seja respeitado.


Júri:

Algum Francisco
Francisco é um personagem fictício criado por Edson Rodrigues, cearense de 21 anos, no intuito de mostrar um sentimentalismo antes oculto. Criado em julho de 2015, o perfil no Instagram começou a ter notoriedade a partir de março de 2016 e vive até hoje em poesias.

 



Diego Vinicius

Diego Vinicius tem 26 anos e é graduado em História pela Universidade Federal de Sergipe. É autor de “100 Poemas Para Uma Pessoa Só”, Tão À Flor da Pele” e “Te Fiz Uma Oração de Amor”.

 


Jey Leonardo

Paraibano e autor do livro “Talvez Não Seja Tarde” (2016). Formado em Relações Públicas, ele viu sua vida mudar quando começou a registrar alguns pensamentos nas redes sociais, onde já reúne mais de 350 mil seguidores no Instagram e mais de 250 mil no Facebook, e diversas pessoas se sentiram descritas e abraçadas por suas palavras.


Siga este passo a passo para inserir tags:
1. Clique em “Minhas Histórias”.

2. Selecione a história que você quer editar.

3. Na faixa azul no topo da tela, ao lado do título “Painel de histórias”, você verá 3 pontinhos brancos na vertical.

4. Clique nos 3 pontinhos.

5. Em seguida, clique em “Editar dados da história”.

6. Você verá o campo “Marcadores” embaixo de “Categoria 1” e “Categoria 2”. Escreva #MenoséMais em “Marcadores” e pressione a tecla Enter. Sem a tecla Enter, a tag não será inserida!


Está com dúvidas na hora de criar sua história? Também temos um tutorial para você publicá-la rapidinho! ?
1. Clique em “Minhas Histórias”.

2. Clique em “Nova História” no canto superior direito.

3. Adicione o título da história, carregue a capa e crie uma breve descrição. Se não tiver nenhuma imagem, carregue a capa mais tarde.

4. Clique em “Capítulo sem título”, crie um título e escreva o conteúdo do seu primeiro capítulo.

5. Dê um toque na tela para ver a opção “Publicar capítulo”.

6. Depois, preencha os dados da história. Escolha o gênero da sua história em “Categoria 1” e “Categoria 2”.

7. Coloque a tag #MenoséMais em “Marcadores” e pressione a tecla Enter.

8. Escolha “Português” na opção “Idioma”.

9. Se todos puderem ler a história, marque como “Livre”. Se o conteúdo for impróprio para menores de idade, escolha a opção “Conteúdo Adulto”.

10. Se sua história estiver inacabada, marque “Em Andamento”. Se estiver finalizada, clique em “Finalizada”.

11. Escolha a opção de Direitos Autorais que desejar.

Depois de seguir essas etapas, sua história estará pronta para ser publicada.
Boa sorte!

***

ATUALIZAÇÃO:

Ficamos encantados com a quantidade de talentos escondidos e espalhados pelo Brasil e por Portugal. Parabéns a todos os participantes pela originalidade, criatividade e habilidade com as palavras! Os jurados Edson Rodrigues (Algum Francisco), Jey Leonardo (Escritos Meus) e Diego Vinicius foram brilhantes em cumprir essa missão tão difícil.

Confira as histórias vencedoras:

1º lugar:
“Amores Breves de Metrô”, de Celso Duvecchi
http://bit.ly/amoresmetro

2º lugar:
“A Menina do Outdoor”, de Rodrigho Moraes
http://bit.ly/meninaoutdoor

3º lugar:
“Mais Uma Noite de Abril”, de Erick Costa de Farias
http://bit.ly/noiteabril

Conheça os finalistas (em ordem alfabética):

“A Menina do Outdoor”, de Rodrigho Moraes
http://bit.ly/meninaoutdoor

“Amante, do Latim AMANS, Aquele que Ama”, de Heloí Mello
http://bit.ly/latimamans

“Amores Breves de Metrô”, de Celso Duvecchi
http://bit.ly/amoresmetro

“Anis”, de Thaís Scuissiatto
http://bit.ly/anisthais

“Flores e Armas”, de Mariana da Costa
http://bit.ly/floresarmas

“Libertação”, de Dora Oliveira
http://bit.ly/libertaca0

“Mais Uma Noite de Abril”, de Erick Costa de Farias
http://bit.ly/noiteabril

“Marli”, de Paulo Ras
http://bit.ly/Marlipaulo

“O Monstro”, de Gabrieli Kotelak
http://bit.ly/0Monstro

“O Voo da Pipa”, de Alan Soares
http://bit.ly/voodapipa

“Poeira Cósmica”, de Karen Alves
http://bit.ly/poeiracosm

“Rua Sem Saída”, de Dino Faria
http://bit.ly/ruasems